20. Sex and the City/ Sexo e a Cidade (Sex and the City, 1998 – 2004)

Um quarteto que se completa

Um quarteto que se completa

Os homens costumam torcer o nariz para essa série – e quem irá culpá-los? São muitas vezes mostrados como eles realmente são, por uma ótica feminina. Um tanto maniqueísta, é verdade, mas um dos méritos da série é mostrar que muitos dos problemas femininos vem da cabecinha das próprias mulheres. Há vários outros, começando pela inteligência do enredo e dos diálogos, a franqueza dos temas tratados, o bom humor que funciona quase sempre e a capacidade de cativar pelas quatro personagens, que são diferentes entre si e se completam em suas idiossincrasias. As atrizes que as interpretam são todas ótimas, mas principalmente Cynthia Nixon, como Miranda Hobbes.

Série número 21: Chips