You are currently browsing the daily archive for 16/04/2009.

Após o cinema, um dia desses, Lalá me arrastou de novo pra Riachuelo:

– Mas pra quê?

– Pra ver se tem umas colchas de cama novas, oras!

– Mas você não comprou colchas de cama um dia desses? Pra que mais?

– É que elas são tão lindas que eu tenho pena de usar!…

stars-blue-1-0

Sin City genérico

E Frank Miller ainda diz que não é "Sin City"...

E Frank Miller ainda diz que não é "Sin City"...

Não se pode dizer que The Spirit – O Filme (The Spirit, Estados Unidos, 2008) não é surpreendente: o que já se previa ser ruim, consegue ser ainda pior. O filme do quadrinista e dublê de diretor Frank Miller fracassa como homenagem aos filmes noir, como aventura, nos momentos de humor e, claro, como adaptação ou homenagem aos quadrinhos de Will Eisner.

O filme é um equívoco do começo ao fim e difícil até de entender como se chegou a ele. O sucesso financeiro e impacto visual de Sin City (adaptado das HQs de Miller e que ele co-dirigiu convidado por Robert Rodriguez ) e de 300 (adaptado de outra HQ de Miller) parece ter dado ao agora diretor quase uma carta branca. Ele pautou seu filme nos cenários digitais e cores chapadas (como em Sin City) e, pelo jeito, a produção achou que se daria bem.

Não só isso não garantiria a qualidade do filme como, antes de mais nada, desvirtua a obra de Will Eisner, que primava pela elaboração visual e expressividade (fora ter dado superpoderes a um personagem que originalmente não tem nenhum). Mas muita gente não conhece o Spirit dos quadrinhos (embora devesse), então vamos nos concentrar no filme por si só.

Nada se salva. Nem mesmo as belas mulheres, embora Paz Vega seja beneficiada porque aparece pouco e Eva Mendes faça o que é exigido dela: ser sexy. Gabriel Macht, o protagonista, é inexpressivo. E a irritante narração em off excessiva de Frank Miller está presente – quando Spirit não está pensando com seus botões, está literalmente falando sozinho.

A história não tem pé nem cabeça e sobram momentos ridículos, como a luta inicial entre Spirit e o arquivilão Octopus – que nunca aparece nos quadrinhos, mas aqui ganhou a péssima e carnavalesca interpretação de Samuel L. Jackson. Um resumo do erro que The Spirit – O Filme já era de berço.

The Spirit – O Filme. (The Spirit). Estados Unidos, 2008. Direção: Frank Miller. Elenco: Gabriel Macht, Samuel L. Jackson, Eva Mendes, Sarah Paulson, Scarlett Johansson, Jaime King, Paz Vega, Stana Katic, Dan Lauria, Frank Miller. Atualmente em cartaz em João Pessoa.

Sigam-me os bons (no Twitter)

abril 2009
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Cenas da Vida

Páginas

Estatísticas

  • 1.341.707 hits