19. Will & Grace (Will & Grace, 1998-2006)

Hayes, McCormack, Debra e Megan: a química é tudo

Hayes, McCormack, Debra e Megan: a química é tudo

Quando começaram a ser contadas as desventuras dos ex-namorados Grace e Will, vizinhos e amigos e ele, agora, gay, mostrar homossexuais com franqueza ainda era uma novidade na televisão. Nesse ponto, a série Will & Grace ajudou a abrir portas importantes, mas o forte é a química perfeita entre os personagens e seus dois coadjuvantes absolutamente impagáveis. Enquanto o advogado Will (Eric McCormack) é, digamos, contido, seu amigo Jack (Sean Hayes) solta a franga 100% do tempo. Por outro lado, a designer de interiores Grace (Debra Messing, linda e sempre ótima) tem que aturar a rica, irritante e sem medo algum de ser incoveniente Karen (Megan Mullally). Equilibrando as risadas, está a incomum, mas doce – e algumas vezes até comovente – história de amor platônico entre um casal que já namorou, terminaram porque o rapaz é gay, mas continuam se amando platonicamente.

Série número 20: Sex and the City/ Sexo e a Cidade