91. Laura Linney

Uma mulher "de verdade", como em "A Lula e a Baleia"

Uma mulher "de verdade", como em "A Lula e a Baleia"

É de imaginar qual o grande problema que havia em viver com o personagem de Laura Linney em O Show de Truman – O Show da Vida (1998). Ela valeria a pena, como havia valido a pena assistir ao péssimo Congo (1995) só porque ela estava no elenco. Em O Show de Truman já dava para ver a grande atriz que ela era, o que foi se provando com o tempo – sua primeira indicação ao Oscar já veio com Conte Comigo (2000). Lembrando bastante a Helen Hunt (e, no estilo de papéis escolhidos e interpretação, Julianne Moore), ela também mostrava uma certa madurez mesmo quando em seus primeiros anos. Linda e “de verdade”, certamente Rodrigo Santoro teve seu grande momento no cinema internacional ao contracenar com ela, em Simplesmente Amor (2003). Duas outras indicações ao Oscar já vieram – qualquer dia desses, ela ganha.

Vá atrás: O Show de Truman – O Show da Vida (1998); Conte Comigo (2000); A Vida de David Gale (2003); Sobre Meninos e Lobos (2003); Simplesmente Amor (2003); Kinsey – Vamos Falar de Sexo (2004); A Lula e a Baleia (2005); A Família Savage (2007).

Cena: O final de Conte Comigo

Atriz anterior: Helena Bonham Carter