85. Eva Marie Saint

Ambígua com Cary Grant, em "Intriga Internacional"

Eva Marie Saint hoje é uma senhora: a vimos como Martha Kent, a mãe do Super-Homem em Superman – O Retorno (2006). Para dar volume e dignidade ao papel, poucas seriam melhores. Eva foi uma atriz de alto calibre na Hollywood que estava começando a se libertar das amarras da censura, nos anos 1950. Poucas atrizes tiveram estréia no cinema mais retumbante: dividindo a tela com o jovem e explosivo Marlon Brando, em Sindicato de Ladrões (1954), de Elia Kazan, o que rendeu a ela o Oscar de atriz coadjuvante. Cinco anos depois, mostrou seu lado sexy como a ambígua Eve Kendall, de Intriga Internacional (1958), um dos melhores filmes de Alfred Hichcock. Manteve uma carreira estável na TV a partir dos anos 1970 (como vinha tendo antes de Sindicato) e, seletiva, fez menos de 20 filmes em 60 anos.

Vá atrás: Sindicato de Ladrões (1954); Intriga Internacional (1958); Exodus (1960); Adeus às Ilusões (1965); Grand Prix (1966).

Cena abaixo: poderoso momento de Sindicato de Ladrões

Atriz anterior: Fernanda Torres

Anúncios