Cecilia, em "A Rosa Púrpura do Cairo": por que o cinema faz o que faz com a gente?

Por que gostamos de um filme e não de outro? Por que algumas cenas ficam impregnadas em nossa mente? São engraçadas? São comoventes? Tiram o fôlego? Certo, mas por que elas são assim?

Nesta segunda, começa mais uma edição do meu curso Linguagem do Cinema. A idéia é fazer um passeio pela “gramática” dos filmes, entender o processo básico da linguagem, desde o posicionamento da câmera até os efeitos psicológicos da montagem, passando pelo uso dos elementos como cenário e figurino. Tudo bem ilustradinho com cenas de filmes.

No fim, haverá análises de cenas em conjunto e de um filme inteiro, escolhido pela turma a partir de opções dadas por mim. E assim vamos, em dez encontros: do plano para a seqüência, da seqüência para o filme.

Mais informações no site do Zarinha Centro de Cultura.

Anúncios