"The Old Dark House" (1932)

"O Homem Invisível" (1933)

"Pobre Menina Rica" (1936)

"Titanic" (1997)

Demorou um pouquinho para Gloria Stuart conseguir seu reconhecimento. Algumas décadas: só 65 anos depois que começou a carreira no cinema. Todos a conhecem como a Rose velhinha de Titanic (1997). Mas ela teve uma carreira entre 1932 e 1946: a bela loira fez filmes com James Whale (mítico diretor de Frankenstein) na Universal e um deles foi até O Homem Invisível (1933), clássico da ficção científica. Pelo jeito, parecia que ia emplacar, mas  não rolou. Andou pela Warner (fazendo Cavadoras de Ouro de 1935, de Busby Berkeley) e pela Fox (em alguns filmes ao lado de Shirley Temple). Nos anos 1940, desistiu do cinema e de atuar: passou a se dedicar à pintura. Voltou em pontas na TV lá pelos anos 1970, depois passou a papéis na telinha e no cinema. E aí, veio Titanic, indicação ao Oscar e tal. Sua personagem era centenária – parece-me que tinha 102 anos. A própria Gloria quase chegou lá: tinha 100.

Santa Monica (EUA), 4 de julho de 1910 – Los Angeles (EUA), 26 de setembro de 2010

Anúncios