Publicado em 14 de janeiro de 2003, em A União

1 – “Cidade de Deus”, de Fernando Meirelles

“Não é exagero afirmar que se trata do melhor filme nacional já realizado em qualquer época, em qualquer gênero, em qualquer movimento”.

2 – “Cidade dos Sonhos”, de David Lynch

“Para quem desvendou os mistérios de um filme que é o tempo todo intrigante, ficou o prazer de partilhar uma história inteligente e que fala muito do próprio cinema”.

3 – “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, de Jean-Pierre Jeunet

“Se uma trama ingênua não parece adequada aos dias de hoje, Jean-Pierre Jeunet resolveu o problema: adequou os dias de hoje à trama”.

4 – “Fale com Ela”, com Pedro Almodóvar

“Quando se pensava que Almodóvar havia chegado ao seu máximo em Tudo sobre Minha Mãe (1999), ele se supera”.

5 – “Homem-Aranha”, de Sam Raimi

“Uma das melhores versões de HQ em tela grande em todos os tempos, (…) apresenta personagens ‘de verdade’, o que é seu maior forte”.

6 – “Amor à Flor da Pele”, de Wong Kar-Wai

“Com um clima belíssimo, valorizado pela fotografia em cores quantes, (…) é o filme mais romântico a aparecer por aqui este ano”.

7 – “O Senhor dos Anéis – As Duas Torres”, de Peter Jackson

“Peter Jackson dominou sua tendência às cenas excessivamente grandiloqüentes e contou a história na medida certa, desenvolvendo melhor os personagens”.

8 – “Onze Homens e um Segredo”, de Steven Soderbergh

“Soderbergh e George Clooney reuniram uma boa turma e fizeram um dos filmes mais divertidos do ano”.

9 – “Uma Mente Brilhante”, de Ron Howard

“Convenceu com uma narrativa eficiente e uma interpretação antológica de Crowe”.

10 – “Harry Potter e a Camara Secreta”, de Chris Columbus

“Conseguiu manter o nível de qualidade do primeiro filme”.

***

Esse foi um dos anos mais equilibrados, com vários filmaços. No entanto, o primeiro lugar para Cidade de Deus continua inabalável. Acho que hoje eu melhoraria a posição de Amor à Flor da Pele e tenho quase certeza que o segundo Harry Potter não entraria na lista, tendo em vista que a série melhorou bastante desde então.

Melhores do ano: 2001

Anúncios