"O Discurso do Rei", 12 indicações

A essa altura todo mundo já apontou as surpresas, as injustiças (não muitas) e os prováveis favoritos. Vou dar só minhas impressões rapidamente.

A primeira foi a alegria ao ver as indicações para Bravura Indômita. O filme dos Coen, refilmagem do faroeste que deu o Oscar de melhor ator a John Wayne em 1969, foi o segundo maior indicado, concorrendo em dez categorias.

Desde que vi o trailer, achei que seria um filmaço e estranhei ele ter ficado completamente de fora da lista do Globo de Ouro – Ana Maria Bahiana diz que não foi culpa só de um possível mau gosto de seus colegas da HFPA, mas que a Paramount “praticamente escondeu o filme”.

Enfim, algo me dizia que o filme não ficaria de fora da lista do Oscar e o Bravura Indômita foi além do que eu esperava. Ressalte-se que a torcida é puramente emocional – por Bridges, pelos Coen, por Wayne e por todo o gênero western.

"Bravura Indômita", 10 indicações

Mesmo assim, o filme ainda não é apontado como um dos favoritos. Estar fora destas primeiras listas do ano o transformaram, de certa forma, em uma surpresa por seu desempenho.

Da mesma forma, o favoritismo de O Discurso do Rei é contido. Foram 12 indicações, mas há casos de filmes tão indicado quanto e que saíram da cerimônia com pouquíssimos prêmios – ou nenhum. Colin Firth, claro, deve levar o seu.

A Rede Social continua melhor cotado, mesmo quatro indicações atrás. Na bagagem, traz o Globo de Ouro de filme dramático, conquistado há duas semanas. Também ganhou todos os prêmios importantes da crítica americana na temporada, em filme e direção.

Não que isso seja uma previsão infalível. O melhor filme pelo Círculo de Críticos de Nova York só coincidiu com o Oscar três vezes nos últimos dez anos (é verdade que as duas últimas foram nos últimos três anos, incluindo Guerra ao Terror no ano passado). O Globo de Ouro, outrora tido como um preview seguro do Oscar, não foi muito melhor: quatro coincidências em dez anos. Mas A Rede Social vitorioso no dois, é o favorito ao menos até segunda ordem.

"A Rede Social", 8 indicações

Esta segunda ordem também é conhecida como prêmios dos sindicatos, que realmente são uma prévia boa para o Oscar (pelo fato simples de que há muitos eleitores em comum em uns e outro). O de diretores sai já neste sábado. O de atores sai no domingo, e espera-se que confirme Colin Firth, Natalie Portman e Christian Bale como prováveis oscarizados do ano. Para atriz coadjuvante, a disputa parece mais equilibrada.

Surpresas foram as ausências de Christopher Nolan como indicado a direção, o que diminui muito as chances de A Origem, mesmo com oito nomeações. Pior foi sua ausência na categoria montagem, onde o filme é soberbo. Ausências sentidas também foram as de Andrew Garfield (A Rede Social) como ator coadjuvante, e

Vamos às indicações. Pelo post estão os cartazes dos indicados a melhor filme. E os links dão para os trailers de todos os longas, trailers ou trechos da maioria dos curtas e para as canções indicadas:

"A Origem", 8 indicações

FILME
Bravura Indômita, de Joel e Ethan Coen – 10 indicações
127 Horas, de Danny Boyle – 6 indicações
Cisne Negro, de Darren Aronofsky – 5 indicações
O Discurso do Rei, de Tom Hooper – 12 indicações
Inverno da Alma, de Debra Granik – 4 indicações
A Origem, de Christopher Nolan – 8 indicações
Minhas Mães e Meu Pai, de Lisa Chodolenko – 4 indicações
A Rede Social, de David Fincher – 8 indicações
Toy Story 3, de Lee Unkrich – 5 indicações
O Vencedor, de David O. Russell – 7 indicações

DIREÇÃO
Ethan Coen, Joel Coen (Bravura Indômita)
Darren Aronofsky (Cisne Negro)
Tom Hooper (O Discurso do Rei)
David Fincher (A Rede Social)
David O. Russell (O Vencedor)

"O Vencedor", 7 indicações

ATOR
Javier Bardem (Biutiful)
Jeff Bridges (Bravura Indômita)
James Franco (127 Horas)
Colin Firth (O Discurso do Rei)
Jesse Eisenberg (A Rede Social)

ATRIZ
Michelle Williams (Blue Valentine)
Natalie Portman (Cisne Negro)
Jennifer Lawrence (Inverno da Alma)
Annette Bening (Minhas Mães e Meu Pai)
Nicole Kidman (Reencontrando a Felicidade)

ATOR COADJUVANTE
Jeremy Renner (Atração Perigosa)
Geoffrey Rush (O Discurso do Rei)
John Hawkes (Inverno da Alma)
Mark Ruffalo (Minhas Mães e Meu Pai)
Christian Bale (O Vencedor)

ATRIZ COADJUVANTE
Hailee Steinfeld (Bravura Indômita)
Helena Bonham Carter (O Discurso do Rei)
Jacki Weaver (Reino Animal)
Amy Adams (O Vencedor)
Melissa Leo (O Vencedor)

"127 Horas", 6 indicações

FILME DE ANIMAÇÃO
Como Treinar o Seu Dragão, de Dean DeBois, Chris Sanders
O Mágico, de Sylvain Chomet
Toy Story 3, de Lee Unkrich

FILME DE LÍNGUA NÃO INGLESA
Biutiful, de Alejandro González Iñárritu (México)
Em um Mundo Melhor, de Susanne Bier (Dinamarca)
Fora da Lei, de Rachid Bouchareb (Argélia)
Incendies, de Denis Villeneuve (Canadá)
Kynodontas, de Giorgos Lanthimos (Grécia)

DOCUMENTÁRIO
GasLand, de Josh Fox
Exit Through the Gift Shop, de Banksy
Lixo Extraordinário, de Lucy Walker
Restrepo, de Tim Hetherington, Sebastian Junger
Trabalho Interno, de Charles Ferguson

"Cisne Negro", 5 indicações

ROTEIRO ORIGINAL
Another Year, por Mike Leigh
O Discurso do Rei, por David Seidler
Minhas Mães e Meu Pai, por Lisa Cholodenko, Stuart Blumberg
A Origem, por Christopher Nolan
O Vencedor, por Scott Silver, Paul Tamasy, Eric Johnson

ROTEIRO ADAPTADO
Bravura Indômita, por Joel Coen, Ethan Coen
127 Horas, por Danny Boyle, Simon Beaufoy
Inverno da Alma, por Debra Granik, Anne Rosellini
A Rede Social, por Aaron Sorkin
Toy Story 3, por Michael Arndt, John Lasseter, Andrew Stanton, Lee Unkrich

FOTOGRAFIA
Bravura Indômita, por Roger Deakins
Cisne Negro, por Matthew Libatique
O Discurso do Rei, por Danny Cohen
A Origem, por Wally Pfister
A Rede Social, por Jeff Cronenweth

MONTAGEM
127 Horas, por Jon Harris
Cisne Negro, por Andrew Weisblum
O Discurso do Rei, por Tariq Anwar
A Rede Social, por Kirk Baxter, Angus Wall
O Vencedor, por Pamela Martin

"Toy Story 3", 5 indicações

DIREÇÃO DE ARTE
Alice no País das Maravilhas, por Stefan Dechant
Bravura Indômita, por Stefan Dechant
O Discurso do Rei, por Netty Chapman
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1, por Andrew Ackland-Snow
A Origem, por Guy Hendrix Dyas

FIGURINO
Alice no País das Maravilhas, por Colleen Atwood
Bravura Indômita, por Mary Zophres
O Discurso do Rei, por Jenny Beavan
Io Sono l’Amore, por Antonella Cannarozzi
The Tempest, por Sandy Powell

MAQUIAGEM
Caminho da Liberdade
O Lobisomem
Minha Versão para o Amor

TRILHA SONORA ORIGINAL
127 Horas, por A.R. Rahman
O Discurso do Rei, por Alexandre Desplat
Como Treinar o Seu Dragão, por John Powell
A Origem, por Hans Zimmer
A Rede Social, por Trent Reznor, Atticus Ross

"Inverno da Alma", 4 indicação

CANÇÃO ORIGINAL
“If I rise” (127 Horas), por A.R. Rahman, Rollo Armstrong, Dido
“Coming home” (Country Strong), por Bob DiPiero, Tom Douglas, Hillary Lindsey, Troy Verges
“I see the light” (Enrolados), por Alan Menken, Glenn Slater
“We belong together” (Toy Story 3), por Randy Newman

MIXAGEM DE SOM
Bravura Indômita
O Discurso do Rei
A Origem
Salt
A Rede Social

EDIÇÃO DE SOM
Bravura Indômita
Incontrolável
A Origem
Toy Story 3
Tron – O Legado

EFEITOS VISUAIS
Além da Vida
Alice no País das Maravilhas
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1
Homem de Ferro 2
A Origem

"Minhas Mães e Meu Pai", 4 indicações

CURTA-METRAGEM
The Confession, de Tanel Toon
The Crush, de Michael Creagh
God of Love, de Luke Matheny
Na Wewe, de Ivan Goldschmidt
Wish 143, de Ian Barnes

CURTA-METRAGEM/ ANIMAÇÃO
Dia & Noite, de Teddy Newton
The Gruffalo, de Max Lang, Jakob Schuh
Let’s Pollute, de Geefwee Boedoe
The Lost Thing, de Andrew Ruhemann, Shaun Tan
Madagascar, Carnet de Voyage, de Bastien Dubois

CURTA-METRAGEM/ DOCUMENTÀRIO
Killing in the Name, de Jed Rothstein
Poster Girl, de Sara Nesson
Strangers No More, de Karen Goodman e Kirk Simon
Sun Come Up, de Jennifer Redfearn
The Warriors of Qiugang, de Ruby Yang

Anúncios