Ingrid Bergman ganhou três Oscars: melhor atriz por À Meia-Luz (1944) e Anastácia, a Princesa Esquecida (1956) e atriz coadjuvante por Assassinato no Orient Express (1974). Este último, na cerimônia de 1975, foi especialmente memorável: a grande atriz sueca não se conformou por ter vencido Valentina Cortese (concorrendo por A Noite Americana) e passou o discurso inteiro se desculpando com ela.

Anúncios