Começou ontem no Sesc, aqui em João Pessoa, a mostra Conversando sobre Cinema. Até sexta, um filme por dia, em sessões às 12h, 17h e 19h. E, após a sessão das 19h, um bate papo comigo e com o amigo Tiago Germano sobre o filme da vez. A entrada é franca.

Hoje, terça, a sessão é do lindo e divertido A Viagem do Capitão Tornado (1990), do grande Ettore Scola. A trama é sobre um jovem aristocrata falido que, com seu criado, acaba acompanhando um miserável grupo de teatro mambembe. Vicent Perez é o aristocrata, o ótimo Massimo Troisi é o criado, Emmanuelle Béart e Ornella Muti estão no tal grupo, que vive muitas desventuras no século XVIII.

Segue aí o começo do filme:

Os filmes seguintes são: o clássico neorealista Umberto D (1952), na quarta; Morangos Silvestres (1957), de Ingmar Bergman, na quinta; o japonês Pai e Filha (1949), de Yasujiro Ozu, na sexta.

Anúncios