Um clássico do cinema neorealista é a atração desta quarta do Conversando sobre Cinema. Eu e Tiago Germano vamos conversar com o público sobre Umberto D (1952), de Vittorio de Sica (as sessões são às 12h, 17h e 19h – nossa participação é após a sessão das 19h).

Do diretor, todo cinéfilo que se preze já viu Ladrões de Bicicleta, e Umberto D tem ficado um pouco à sombra deste outro filme. Talvez injustamente: ele está, por exemplo, na lista de 100 melhores filmes de todos os tempos, segundo a revista Time.

Mais um olhar sobre a situação social da Itália do pós-guerra, mas no tom humanista próprio do neorealismo, com seu modelo então inovador de produção: locações ao invés de estúdios e atores não profissionais (caso do protagonista).

Aqui, uma compilação de cenas:

Ainda teremos, na quinta, Morangos Silvestres, de Bergman. E, na sexta, Pai e Filha, de Ozu.

Anúncios