QUINTA, 22

Quincas Berro d’Água, a adaptação do livro de Jorge Amado dirigida por Sérgio Machado e que foi bastante elogiada. Paulo José é o boêmio morto que é levado pelos companheiros de farra para uma última noitada. Ganhou o prêmio de direção de arte no Cineport. Vai passar na Tenda Andorinha.

– Na Sala Vladimir Carvalho, uma exibição do Festival Ver e Fazer Filmes, que a Fundação Ormeo Junqueira Botelho (a mesma que produz o Cineport) promoveu no ano passado. Também será feita uma homenagem póstuma à atriz Fernanda Lobo, atriz da cidade mineira de Cataguazes, sede da fundação. E também é de cataguazes o escritor Luiz Ruffato, em que se basearam os filmes. São sete curtas.

– Mais uma sessão Doc-TV CPLP, às 16h: Timbila, Marimba Chope, de Aldino Languana, de Moçambique; e Li Ké Terra, de Filipa Reis, de Portugal.

– O melhor documentário, segundo o júri do Cineport 2011, entra em cena às 18 horas, na Tenda Andorinha. José e Pilar, de Miguel Gonçalves Mendes, aborda o cotidiano de viagens e tentativas de escrever de José Saramago e o apoio da esposa, a jornalista Pilar Del Rio.

– No mesmo horário, na sala Vladimir Carvalho, outro impactante documentário português. 48, de Suzana Sousa Dias, é feito unicamente de fotografias que a polícia política portuguesa fez para cadastro de seus presos durante a ditadura e os depoimentos em off dessas pessoas hoje. Denso.

– Às 19h, na Livraria da Usina, Paulo Rogério Lage lança Cerâmica Saramenha.

– Às 20h, na Tenda Andorinha, mais um português: América, vencedor dos prêmios de melhor direção (para João Nuno Pinto) e ator coadjuvante (para o veterano comediante português Raul Solnado, aqui num papel dramático). A história mostra uma imigrante russa casada com um português e incomodada com os golpes que ele dá em imigrantes, com um grupo do qual faz parte a agitada ex-mulher espanhola.

– Mesmo horário, Sala Vladimir Carvalho: cinco curtas documentários. Às 22 horas, é a vez de seis curtas de ficção.

– Não tem filme às 22 horas na Tenda Andorinha, mas uma performance com música e projeção: “Rita Redshoes e The Legendary Tigerman” com exibição do filme Estrada de Palha, de Rodrigo Areias.

Anúncios