1 - "Toy Story 3" (2010), de Lee Unkrich - média 4,941

Nossa mais recente votação teve as maiores médias entre os primeiros colocados entre todos  os anos até agora. Toy Story 3 coroou uma fase de ouro da Pixar, quatro anos seguidos como ouro ou prata, chegando pertíssimo da média perfeita: apenas uma das notas recebidas foi 4 e não 5. Derrotou Tropa de Elite 2 que, com a média que obteve, seria o primeiro lugar em quaisquer dos anos anteriores.

Mas os piores também se esforçaram em ser piores. Os Vampiros que Se Mordam (média 0,666); A Hora do Pesadelo (média 0,75); O Sonho de Inacim, o Aprendiz do Padre Rolim e Muita Calma Nessa Hora (ambos com média 1,333; e Premonição 4 (média 1,4) fizeram o “bottom 5”.

E estes foram os filmes mais vistos do ano: Amor sem Escalas (20); Alice no País das Maravilhas (19); A Origem (18) e, empatados com 17, Ilha do Medo, Toy Story 3, Tropa de Elite 2 e A Rede Social. Curiosamente, o filme mais visto de 2008, Juno, também foi dirigido por Jason Reitman.

2 - "Tropa de Elite 2 - O Inimigo Agora É Outro" (2010), de José Padilha - média 4,823

3 - "A Origem" (2010), de Christopher Nolan - média 4,611

4 - "Senna" (2010), de Asif Kapadia - média 4,6

5 - "Direito de Amar" (2009), de Tom Ford - média 4,571

6 - "Como Treinar o Seu Dragão" (2010), de Dean DeBlois e Chris Sanders - média 4,333

7 - "A Bela Junie" (2008), de Christophe Honoré - média 4,2

7 - "Quincas Berro d'Água", de Sérgio Machado - média 4,2

9 - "Invictus" (2009), de Clint Eastwood - média 4,153

10 - "Amor sem Escalas" (2009), de Jason Reitman - média 4,1

– Melhores do Ano: regras da eleição 2011
– Veja os DVDs que participam do sorteio

– Melhores do Ano 2006
Melhores do Ano 2007
– Melhores do Ano 2008
– Melhores do Ano 2009

Anúncios