Parla, Woody!

Já se disse muitas vezes que Woody Allen escreveu e dirigiu verdadeiras declarações de amor a Nova York (especialmente em Manhattan, 1979) e Paris (em Meia-Noite em Paris, 2011). Agora, essa declaração está logo no título em Para Roma, com Amor (To Rome, with Love, EUA/ Itália/ Espanha, 2012), o novo filme do diretor. Ele estreia em João Pessoa pela primeira vez no mesmo dia da estreia nacional.

Allen, inclusive, demorou para se decidir pela declaração pura e simples. Durante as filmagens e pós-edição, o filme de chamou Bop Decameron e, depois, Nero Fiddled. O diretor, enfim, escolheu por uma referência direta a Roma. Com este, já são sete filmes na sua “fase europeia”, que só teve um pequeno intervalo em 2009, quando voltou a Nova York com Tudo Pode Dar Certo.

O filme conta quatro histórias, o que justifica a referência a Decamerão no primeiro título de trabalho. É o primeiro inteiramente de Allen com formato de segmentos desde Tudo o que Você Sempre Quis Saber sobre Sexo, mas Tinha Medo de Perguntar (1972), descontando-se, claro, o episódio Édipo Arrasado, de Contos de Nova York (1989). E e também a volta de Woody Allen ao trabalho como ator em seis anos (a última vez havia sido em Scoop – O Grande Furo, de 2006).

Viajando com Woody: além de Roma, veja outras cidades pelas quais ele passou em seus filmes

Allen contracena com Judy Davis, parceira em outros quatro filmes do diretor: Simplesmente Alice (1990), Maridos e Esposas (1992), Desconstruindo Harry (1997) e Celebridades (1998). Eles são um casal americano que viaja à Itália para conhecer a família do noivo de sua filha.

Outras histórias enfocam um arquiteto (Alec Baldwin) que reflete sobre a juventude perdida enquanto testemunha o nascente romance entre dois jovens (Jesse Eisenberg e Ellen Page). Em outra, Roberto Benigni é um homem bem comum que de repente vira notícia, é atormentado pela imprensa e não sabe o porquê. Há também um agente funerário que revela-se um grande cantor de ópera: mas só no chuveiro. E Penélope Cruz, como a espetacular garota de programa que aparece de repente no quarto de um rapaz.

Woody segue sua itinerância. O próximo filme volta aos EUA, mas em San Francisco. E o diretor disse em entrevistas que o Rio de Janeiro é uma possibilidade bastante real para sediar um filme dele. Ganhará o Rio sua própria declaração de amor?

Em JP, no Box Manaíra e no Cinespaço MAG.

A Era do Gelo 4

Depois do superpopuloso terceiro filme, A Era do Gelo 4 (Ice Age – Continental Drift, EUA, 2012), que estreia em JP, CG e Patos, dá um jeito de centrar o foco só nos três protagonistas. A divisão dos continentes faz com que Sid, Manny e Diego acabam boiando sobre um iceberg, com uma preguiça fêmea e uma tigresa. Para voltar ao seu grupo, eles terão que enfrentar até piratas. É o primeiro filme da série sem o brasileiro Carlos Saldanha na equipe – ele foi co-diretor no primeiro, de 2002, e o diretor do segundo e do terceiro, de 2006 e 2009.

– Em JP, no Box Manaíra, Cinespaço MAG e Sercla Tambiá. Em CG, no Sercla Boulevard.

Para Sempre

Rachel McAdams é a moça que vive feliz com o marido até sofrer um acidente e perder a memória e não lembrar do relacionamento. Agora, seu marido (Channing Tatum) vai ter que reconquistá-la. Para Sempre (The Vow, EUA/ Brasil/ França/ Austrália/ Reino Unido/ Alemanha, 2012) é um romance dramático com a mesma atriz de Diário de uma Paixão e parece seguir a mesma linha.

– Em JP, no Box Manaíra.

Diário de um Jornalista Bêbado

Em Diário de um Jornalista Bêbado (The Rum Diary, EUA, 2011), Johnny Depp interpreta pela segunda vez o amigo Hunter S. Thompson, o criador do chamado “jornalismo gonzo”, onde o jornalista se envolve com a pauta a ponto de mudar as coisas e até protagonizar a história (a primeira foi em Medo e Delírio, 1998, de Terry Gilliam). O jornalista surge em Porto Rico, nos anos 1960, dividido entre a bebiba constante e um dilema ético: cumprir ordens ou investigar seriamente a especulação imobiliária no local.

– Em JP, no Box Manaíra (sexta e de terça a quinta)

– Há ainda a pré-estreia de O Espetacular Homem-Aranha, no Box Manaíra, de terça a quinta.

Anúncios