O maravilhoso discurso de Jodie Foster, ontem, no Globo de Ouro. Ela brinca com sua idade (“meu andador não combinava com meu decote”), fala pela primeira vez abertamente sobre sua sexualidade (“eu saí do armário há uns mil anos”), homenageia os amigos (como Mel Gibson: “você sabe que me salvou também”), sua ex-companheira e filhos (“tenho orgulho da nossa família moderna”), sobre a mãe que sofre de demência (“eu te amo, eu te amo, eu te amo. E espero que se eu disser três vezes isso vai entrar magicamente e perfeitamente em sua alma”) e sobre o futuro (“Vai ser minha escrita na parede: ‘Jodie Foster esteve aqui'”).

DISCURSO DE JODIE FOSTER
Prêmio Cecil B. De Mille no Globo de Ouro 2013

Bem, para todos vocês fãs do Saturday Night Live, estou com 50! Estou com 50! Sabe, eu preciso fazer isso sem esse vestido, mas, sabe, talvez mais tarde, no Trader Vic’s, meninos e meninas. O que me dizem? Estou com 50! Sabe, eu ia trazer meu andador esta noite, mas ele simplesmente não combinou com o decote.

Robert [Downey Jr], eu quero te agradecer por tudo: por seu ritmo louco, mente rápida, a doce introdução. Eu te amo e a Susan e eu sou tão grata que você continuamente me chamando de fora do abismo quando estou rumando para lá e, babando, digo: “Eu estou cheia de atuar, eu estou cheia de atuar, estou realmente cheia, acabou, acabou”.

Acreditem, 47 anos no negócio de filmes é um longo tempo. Vocês querem esses Globos de Ouro, porque vocês, seus loucos, vocês estiveram aqui sempre. Você sabe, Phil, você é louco, Aida, Scott – Obrigada por esta honra esta noite. É a festa mais divertida do ano, e hoje eu me sinto como a rainha do baile”.

(aplausos)

“Obrigada. Olhando para todos os clipes, sabe, os penteados e os sapatos de plataforma esquisitos, é como um pesadelo de filmes caseiros que não acaba nunca, e todas essas pessoas que se sentam aqui nestas mesas, eles são como a minha família. Pais, principalmente. Executivos, produtores, diretores, meus companheiros atores aí fora, nós rimos nas cenas de amor, temos socado e gritado e cuspido e vomitado e golpeado pessoas más uma atrás da outra – e esses são apenas os colegas de elenco de que eu gostava.

Mas vocês sabem mais do que ninguém que eu compartilho minhas lembranças mais especiais com os membros da equipe. Amizades de sangue, irmãos e irmãs. Fizemos filmes juntos, e você não pode ficar mais íntimo do que isso.

Então, enquanto eu estou aqui sendo toda confessional, acho que tenho uma súbita vontade de dizer algo que eu realmente nunca fui capaz de pôr pra fora em público. Assim, uma declaração sobre a qual estou um pouco nervosa, mas talvez não tão nervosa como a minha agente agora, hein, Jennifer? Ahn… mas eu só vou colocar pra fora, certo? Alto e com orgulho, certo? Então, eu vou precisar do apoio de vocês nisto.

Eu sou uma… solteira”.

(espanto e risadas na plateia)

“Sim, eu sou, eu sou solteira. Não, eu estou brincando – mas, quero dizer, eu não estou realmente brincando, mas eu estou tipo brincando. Quer dizer, obrigado pelo entusiasmo. Posso ter um assobio ou algo assim?”

(gritos e assobios)

“Espero que não se decepcionem por não fazer um grande discurso de saída do armário esta noite, porque eu já fiz a minha saída uns mil anos atrás, na Idade da Pedra”.

(aplausos)

“Naqueles dias muito singulares em que uma menina jovem e frágil se abria para amigos confiáveis e familiares e colegas de trabalho e, em seguida gradualmente, com orgulho, para todos que a conheciam, para todos que ela realmente conheceu.

Mas agora me disseram, aparentemente, que de cada celebridade é esperado exaltar os detalhes de sua vida privada em uma conferência de imprensa, um perfume e um reality show em horário nobre”.

(risadas)

“Sabe, vocês podem se surpreender, mas eu não sou a Honey Boo Boo!”

(referência à estrela mirim de um reality show e participante de concursos de beleza infantil: mais risadas).

“Não, me desculpem, isso não é pra mim. Nunca foi e nunca será. Por favor, não lamentem, porque o meu reality show seria muito chato. Eu teria que transar com Marion Cotillard ou teria que bater no bumbum do Daniel Craig, apenas para permanecer no ar. Não é um mau trabalho se você o conseguir, mesmo assim.

Mas, falando sério, se você tivesse sido uma figura pública desde que era criança, se tivesse que lutar por uma vida que parecesse real, honesta e normal contra todas as probabilidades, então talvez você também valorizasse a privacidade acima de tudo. Privacidade”.

(aplausos)

“Algum dia, no futuro, as pessoas vão olhar para trás e lembrar o quão bonita ela era.

Eu tenho dado tudo de mim desde que tinha três anos de idade. Já é um reality show o suficiente, não acham?”

(aplausos)

“Existem alguns segredos quem mantém sua psiquê intacta em uma carreira tão longa. Primeiro, amar as pessoas e ficar ao lado delas. Naquela mesa ali, a 222, saída para Idaho, Paris, Estocolmo, aquela, ao lado do banheiro com todos os rostos não-famosos, os mesmos rostos de todos estes anos. Meu agente de atuação, Joe Funicello – Joe, você acredita que estamos trabalhando juntos há 38 anos? Mesmo que ele não conte os oito primeiros.

Matt Saver, Pat Kingsley, Jennifer Allen, Grant Niman e seu tio Jerry Borack, que descanse em paz. ‘Lifers’. Minha família e amigos aqui esta noite e em casa, e, claro, Mel Gibson. Você sabe que você me salvou também.

Não há nenhuma maneira de eu poder ficar aqui sem reconhecer um dos mais profundos amores da minha vida, a minha heróica co-pai, minha ex-companheira no amor, mas justa irmã de alma na vida, minha confessora, amiga de esqui, consigliere, BFF mais amada por 20 anos, Cydney Bernard. Obrigada, Cyd”.

(muitos aplausos)

“Estou tão orgulhosa da nossa família moderna. Nossos filhos incríveis, Charlie e Kit, que são a minha razão de respirar e evoluir, meu sangue e alma. E, meninos, caso vocês não saibam disso, esta canção, tudo isso, essa música é para vocês.

Isso me leva à maior influência de minha vida, minha mãe maravilhosa, Evelyn. Mãe, eu sei que você está dentro desses olhos azuis em algum lugar e que há muitas coisas você não vai entender hoje. Mas esta é a única coisa importante: eu te amo, eu te amo, eu te amo. E eu espero que se disser isso três vezes, isso vai entrar magicamente e perfeitamente em sua alma, enchê-la com a graça e a alegria de saber que você fez o bem nesta vida. Você é uma ótima mãe. Por favor, tenha isso com você quando você finalmente estiver ok para ir”.

(muitos aplausos)

“Vejam, Charlie e Kit, às vezes, sua mãe também perde. Eu não posso ajudar, sabe, só me manter sonhadora. Este parece o fim de uma era e o começo de outra coisa. Assustadora e excitante – e agora? Bem, eu posso nunca mais estar neste palco de novo, ou em qualquer palco dessa importância. Mudança, você tem que amá-la. Vou continuar a contar histórias, para comover as pessoas, para ser comovida, o melhor trabalho do mundo. É que a partir de agora, eu posso estar segurando um bastão falante diferente. E talvez ele não seja tão brilhante, talvez não abra em 3000 telas, talvez seja tão silencioso e delicado que só os cães podem ouvi-lo assobiar.

Mas vai ser a minha escrita na parede: ‘Jodie Foster esteve aqui’. Eu ainda sou, e eu quero ser vista, para ser compreendida profundamente e não ser tão solitária.

Obrigada, a todos vocês, pela companhia. Isto é pelos próximos 50 anos”.

Anúncios