Os Três Porquinhos/ Os Três Leitõezinhos (Three Little Pigs, 1933)
Direção: Burt Gillett. Produção: Walt Disney.
Vencedor do Oscar de curta de animação de 1934.

Se a adaptação de contos-de-fadas são uma marca da Disney, estes foram os primeiros tempos, na série Sinfonias Ingênuas. O Technicolor fez de novo a diferença na versão mais conhecida dos porquinhos que constróem suas casas e o Lobo Mau que tenta derrubá-las. O curta imortalizou a canção “Who’s afraid of the Big Bad Wolf?” (“Quem tem medo do Lobo Mau?”) – quem não conhece? O desenho teve o papel de inspirar otimismo nas pessoas na época da grande depressão, e a canção se tornou um símbolo disso – diz o crítico e historiador Leonard Maltin. O desenho é ainda melhor quando se observa os detalhes: na casa do Prático, até o piano é de tijolos e o quadro na parede, do pai dos trigêmeos, mostra uma linguiça.

Indicado ao Oscar 1932: Pai de Órfãos <<
>> Indicado ao Oscar 1934: Arranhando o Céu

Anúncios