Zé Katimba e Lucy Alves: unidos pelo samba

Zé Katimba e Lucy Alves: unidos pelo samba

Já imaginou Lucy Alves cantando um samba-enredo?

As escolas de samba do Rio de Janeiro começaram o processo de escolha de seus sambas-enredo para o carnaval de 2016. E a Imperatriz Leopoldinense apresentou em sua quadra, domingo, as 13 concorrentes deste ano. Uma delas é composta por Zé Katimba, paraibano de Guarabira, e foi cantada por Lucy. Zé é o único membro-fundador ainda vivo da Imperatriz e ele foi um dos compositores do samba que a escola levou para a avenida este ano.

A escola vai homenagear Zezé di Camargo e Luciano no ano que vem. Katimba, 82 anos, compôs o samba com Adriano Ganso, Jorge do Finge, Moisés Santiago e Aldir Senna. E resolveu fazer diferente convidando Lucy para tocar sanfona no início da gravação. No estúdio, acabou pedindo que ela cantasse toda a primeira parte da música, que pode ser ouvida no Soundcloud, no link abaixo:

Lucy defendeu o samba na quadra da Imperatriz, domingo passado e falou ao Caderno 2 do Correio da Paraíba na edição de hoje sobre a emoção do momento. “Passou com louvor. Foi o samba de maior empatia com o público. Foi lindo!”.

Anúncios