A saga de Malala, a menina paquistanesa baleada pelo Talibã por querer estudar, já a levou a falar na ONU, virou livro e livro infantil. Agora, será também um documentário. He Named Me Malala, de Davis Guggenheim, mesmo diretor de Uma Verdade Incoveniente, estreia em outubro nos cinemas americanos e já tem dois trailers circulando.

Anúncios