You are currently browsing the tag archive for the ‘Sonia Braga’ tag.

Dando sequência a essa retrospectiva atrasada do que esteve em cartaz nos cinemas de João Pessoa, faço a primeira de uma nova lista: das atuações que considerei melhores em 2016. Resolvi também que não vou separar por atores e atrizes porque, como disse o Chris Rock, “não é atletismo”.

Elle - 04

1 – ISABELLE HUPPERT (Elle)

Huppert engrandece papéis que não são tão grandes e agiganta os papéis maiores, que é o caso em Elle. Ela é Michèle Leblanc, violentada em sua própria casa por um mascarado invasor. Depois, ela vai se preparando para o retorno do agressor – de seu próprio jeito. É, sem dúvida, uma das maiores atrizes do nosso tempo.

Regresso-05

2 – LEONARDO DICAPRIO (O Regresso)

DiCaprio só faltou comer o pão que o diabo amassou para esse papel: um caçador que é atacado por um urso e deixado para morrer na floresta por seus companheiros. Mas sobrevive e se arrasta por quilômetros e quilômetros, no inverno, para se vingar. Uma jornada visceral para o personagem e para o ator.

Aquarius - 01

3 – SÔNIA BRAGA (Aquarius)

O Brasil reencontrou-se com uma grande Sônia Braga no filme de Kléber Mendonça Filho. Ela contribui decisivamente para que este filme seja ainda melhor que o anterior do diretor, o já muito elogiado O Som ao Redor. Aqui, Sônia constrói uma grande personagem que ancora as ações e fascina o espectador.

Filho de Saul - 01

3 – GÉZA RÓHRIG (Filho de Saul)

Uma experiência de narrativa bem particular, a produção húngara é quase toda registrada em close do personagem principal ou de seu ponto de vista subjetivo. É claro que isso exige um trabalho intenso de atuação de seu ator principal. O húngaro Róhrig, que também é poeta corresponde plenamente em seu primeiro (e aparentemente até agora único) longa.

Chegada - 03

5 – AMY ADAMS (A Chegada)

A grande injustiça do Oscar deste ano foi a não inclusão de Amy Adams entre as indicadas a melhor atriz. Ela interpreta muito bem a personagem de uma linguista com uma missão inédita e decisiva para a humanidade, enquanto lida com seus dramas pessoais.

Carol - 06

6 – CATE BLANCHETT (Carol)

Cate já é um monumento da arte da atuação. Em Carol, ela entrega de novo um grande personagem: a mulher da alta roda que se apaixona por uma balconista. Mas são os anos 1950, ela é casada e tem que pôr na balança a possibilidade de o marido ficar com a guarda do filho.

Trumbo - 06

7 – BRYAN CRANSTON (Trumbo – Lista Negra)

Cranston tem a difícil missão de ir encontrando no cinema personagens que falam jus ao status de grande ator que adquiriu na série Breaking Bad. Conseguiu um ponto com a cinebiogragfia de Dalton Trumbo, roteirista de Hollywood que foi perseguido nos EUA dos anos 1950 por ser comunista e ganhou um Oscar sem ninguém saber.

null

8 – MARK RUFFALO (Spotlight – Segredos Revelados)

Um ator consistente, que sempre entrega atuações muito boas, Ruffalo construiu um tipo particular e com certa sutileza no Mike Rezendes, o jornalista interpretado por ele em Spotlight. Ruffalo poderia muito bem ter ganhado o Oscar.

Chocolate - 2015 - 04

9 – OMAR SY (Chocolate)

Depois de Intocáveis, Omar Sy se tornou um astro na França e bastante conhecido fora dela. Em seus filmes seguintes por aqui, continuou entregando ótimas atuações, a bordo de muito carisma. Em Chocolate, ele interpreta o primeiro palhaço negro da França e tem a oportunidade de atuar em números clássicos de circo.

Oito Odiados-07

10 – JENNIFER JASON LEIGH (Os Oito Odiados)

Jennifer Jason Leigh entrou para o time de atores de quem Tarantino fez o mundo lembrar como são bons. Ela está por aí desde o começo dos anos 1980, em aparições sempre eficientes seja em Picardias Estudantis (1982) ou Mulher Solteira Procura… (1992). Em um filme cheio de gente em quem não se pode confiar, ela é desde o começo uma das mais perigosas.

— MAIS RETROSPECTIVA 2016:

 

Top 10 2016

Spotlight começou liderando, Filho de Saul assumiu quando a lista de março foi aberta, Aquarius liderou a partir de setembro, Mia Madre e Truman chegaram a ser líderes rapidamente quando alcançaram tardiamente o quórum. Elle entrou na votação na lista de novembro, começou em quinto, mas avançou, assumiu a liderança, se consolidou e é o primeiro filme francês a vencer nossa eleição.

Completando o top 10 ficaram AquariusFilho de SaulTrumanA BruxaMia MadreKubo e as Cordas MágicasSpotlight – Segredos ReveladosA Chegada; e Cinco Graças. Do 11º ao 20º, aparecem O RegressoO Abraço da SerpenteA Grande ApostaZootopiaOs Oito OdiadosBoi NeonMargueriteCapitão América – Guerra CivilAs Memórias de Marnie; e Rogue One – Uma História Star Wars.

Pelas médias, os dez piores filmes do ano foram (do pior para o menos pior): Independence Day – O RessurgimentoBoneco do Mal; e A 5ª Onda (os três empatados em 100º e último lugar); Caçadores de Emoção – Além do LimiteTruque de Mestre – O 2º AtoFesta da Salsicha; Esquadrão SuicidaBen-HurBatman Vs. Superman – A Origem da Justiça; e As Tartarugas Ninja – Fora das Sombras.

A eleição contou com votos de 41 pessoas que deram notas para todos os filmes que viram. Cada filme precisou de seis notas para atingir o quórum mínimo. Dos 41 eleitores, 34 deram notas em todos os meses e se credenciaram ao nosso tradicional sorteio de DVDs usados (por mim).

Os Oito Odiados foi o filme mais visto do ano entre os eleitores. 34 votantes assistiram ao filme. Completam o top 5: O Regresso (31); Capitão América –  Guerra Civil e Spotlight –  Segredos Revelados (empatados com 30); e Batman vs. Superman – A Origem da Justiça (29).

Confira o resultado completo na página da eleição.

Jessica Lange em “King Kong”

1 – JESSICA LANGE, por King Kong

Posteriormente em Musas retroativas: 14ª em 1979, por All That Jazz – O Show Deve Continuar; 3ª em 1981, por O Destino Bate à Sua Porta; 4ª em 1982, por Frances e por Tootsie; 10ª em 1991, por Cabo do Medo.

O macaco está certo, como dizia um programa humorístico da época. King Kong não só escolheu como sua e elegeu a segunda colocada entre as musas de 2005 (e campeã daquele ano entre os filmes exibidos em JP), Naomi Watts, como também a campeã de 1976, Jessica Lange. E, quando chegarmos a 1933, que ninguém duvide de termos Fay Wray na lista. Mas, apesar de Isabelle Adjani e Nancy Allen, futuras campeãs, esta é uma lista de caras novas: nada menos que 15 musas aparecem pela primeira vez.

Cybill Shepherd em “Taxi Driver”

2 – CYBILL SHEPHERD, por Taxi Driver

Anteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1971, por A Última Sessão de Cinema; 16ª em 1972, por O Rapaz que Partia Corações. Posteriormente em Musas retroativas: 20ª em 1989, por O Céu Se Enganou.

Sônia Braga em “Dona Flor e Seus Dois Maridos”

3 – SÔNIA BRAGA, por Dona Flor e Seus Dois Maridos

Posteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1978, por A Dama do Lotação; 6ª em 1981, por Eu Te Amo; 8ª em 1983, por Gabriela; 15ª em 1985, por O Beijo da Mulher-Aranha; 15ª em 1988, por Luar sobre Parador e por Rebelião em Milagro.

Isabelle Adjani em “O Inquilino”

4 – ISABELLE ADJANI, por O Inquilino

Posteriormente em Musas retroativas: 4ª em 1979, por Nosferatu, o Vampiro da Noite; 4ª em 1988, por Camille Claudel; 1ª em 1994, por A Rainha Margot; 11ª em 1996, por Diabolique.

Faye Dunaway em “Rede de Intrigas”

5 – FAYE DUNAWAY, por Rede de Intrigas

Anteriormente em Musas retroativas: 4ª em 1967, por Bonnie & Clyde – Uma Rajada de Balas; 10ª em 1968, por Crown, o Magnífico; 17ª em 1970, por Pequeno Grande Homem; 14ª em 1973, por Os Três Mosqueteiros; 10ª em 1974, por A Vingança de Milady, por Chinatown e por Inferno na Torre; 5ª em 1975, por Três Dias do Condor.

Eiko Matsuda em “O Império dos Sentidos”

6 – EIKO MATSUDA, por O Império dos Sentidos

Goldie Hawn em “O Corujão e a Gatinha”

7 – GOLDIE HAWN, por O Corujão e a Gatinha

Anteriormente em Musas retroativas: 12ª em 1969, por Flor de Cacto; 7ª em 1974, por Louca Escapada; 3ª em 1975, por Shampoo. Posteriormente em Musas retroativas: 11ª em 1978, por Golpe Sujo.

Margaux Hemingway em “A Violentada”

8 – MARGAUX HEMINGWAY, por A Violentada

Amy Irving em “Carrie, a Estranha”

9 – AMY IRVING, por Carrie, a Estranha

Nancy Allen em “Carrie, a Estranha”

10 – NANCY ALLEN, por Carrie, a Estranha

Posteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1978, por Febre de Juventude; 2ª em 1980, por Vestida para Matar; 14ª em 1981, por Um Tiro na Noite.

Sondra Locke em “Josey Wales, o Fora-da-Lei”

11 – SONDRA LOCKE, por Josey Wales, o Fora-da-Lei

Jane Birkin em “Paixão Selvagem”

12 – JANE BIRKIN, por Paixão Selvagem

Anteriormente em Musas retroativas: 20ª em 1966, por Blow Up – Depois Daquele Beijo; 12ª em 1973, por Se Don Juan Fosse Mulher.

Bernadette Peters em “A Última Loucura de Mel Brooks”

13 – BERNADETTE PETERS, por A Última Loucura de Mel Brooks

Lesley Anne Down em “A Nova Transa da Pantera Cor-de-Rosa”

14 – LESLEY ANNE DOWN, por A Nova Transa da Pantera Cor-de-Rosa

Britt Ekland em “Casanova & Company”

15 – BRITT EKLAND, por Casanova & Company

Anteriormente em Musas retroativas: 8ª em 1971, por Carter, o Vingador; 2ª em 1973, por O Homem de Palha; 5ª em 1974, por 007 contra o Homem com a Pistola de Ouro.

* A foto é genérica da atriz mais ou menos da época em que o filme foi feito. Tentei muito, mas não encontrei fotos desse filme.

Audrey Hepburn em “Robin e Marian”

16 – AUDREY HEPBURN, por Robin e Marian

Anteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1953, por A Princesa e o Plebeu; 2ª em 1954, por Sabrina; 7ª em 1956, por Guerra e Paz; 2ª em 1957, por Cinderela em Paris e por Amor na Tarde; 10ª em 1959, por Uma Cruz à Beira do Abismo e por A Flor que Não Morreu; 12ª em 1960, por O Passado Não Perdoa; 1ª em 1961, por Bonequinha de Luxo e por Infâmia; 7ª em 1963, por Charada; 9ª em 1964, por My Fair Lady e por Quando Paris Alucina; 3ª, em 1966, por Como Roubar um Milhão de Dólares; 8ª em 1967, por Um Caminho para Dois e por Um Clarão nas Trevas.

Sissy Spacek em “Carrie, a Estranha”

17 – SISSY SPACEK, por Carrie, a Estranha

Vera Gimenez em “Já Não Se Faz Amor como Antigamente”

18 – VERA GIMENEZ, por Já Não Se Faz Amor como Antigamente

Talia Shire em “Rocky, um Lutador”

19 – TALIA SHIRE, por Rocky, um Lutador

Anteriormente em Musas retroativas: 20ª em 1974, por O Poderoso Chefão – Parte II.

Nádia Lippi em “Já Não Se Faz Amor como Antigamente”

20 – NÁDIA LIPPI, por Já Não Se Faz Amor como Antigamente

* A foto é genérica da atriz mais ou menos da época em que o filme foi feito. Tentei muito, mas não encontrei fotos desse filme.

Musas de 1975 <<
>> Musas de 1977

Sônia Braga em "A Dama do Lotação"

Sônia Braga em “A Dama do Lotação”

1 – SÔNIA BRAGA, por A Dama do Lotação

Anteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1976, por Dona Flor e Seus Dois Maridos. Posteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1981, por Eu Te Amo; 8ª em 1983, por Gabriela; 15ª em 1985, por O Beijo da Mulher-Aranha; 15ª em 1988, por Luar sobre Parador e por Rebelião em Milagro.

Quem poderia competir com a Sônia interpretando uma personagem de Nélson Rodrigues? Ela levou o primeiro lugar com louvor, encabeçando um ano com quatro brasileiras (salve as pornochanchadas existenciais!) – uma delas, a grande Sandra Bréa em terceiro; outra, uma americana de nascimento, mas – que diabo! – fez sua carreira toda no Brasil, Kate Lyra (afinal, “brasileiro é tão bonzinho”, não é mesmo?). Jane Fonda quase venceu – cheguei a colocá-la em primeiro e depois mudar de ideia. O ano ainda teve três futuras campeãs dando seus passinhos iniciais: Nancy Allen (primeira na lista de 1980), Nastassja Kinski (que venceu já em 1979) e Kim Basinger (que ganharia em 1986).

Jane Fonda em “Amargo Regresso”

2 – JANE FONDA, por Amargo Regresso

Anteriormente em Musas retroativas: 5ª em 1965, por Dívida de Sangue; 8ª em 1966, por Caçada Humana; 3ª em 1967, por Descalços no Parque; 1ª em 1968, por Barbarella; 5ª em 1969, por A Noite dos Desesperados; 4ª em 1971, por Klute – O Passado Condena; 19ª em 1972, por Tout Va Bien; 7ª em 1977, por Julia. Posteriormente em Musas retroativas: 15ª em 1979, por Síndrome da China e por O Cavaleiro Elétrico; 13ª em 1981, por Num Lago Dourado e por Amantes & Finanças.

Nancy Allen em “Febre de Juventude”

3 – NANCY ALLEN, por Febre da Juventude

Anteriormente em Musas retroativas: 10ª em 1976, por Carrie, a Estranha. Posteriormente em Musas retroativas: 2ª em 1980, por Vestida para Matar; 14ª em 1981, por Um Tiro na Noite.

Olivia Newton-John em "Grease - Nos Tempos da Brilhantina"

Olivia Newton-John em “Grease – Nos Tempos da Brilhantina”

4 – OLIVIA NEWTON-JOHN, por Grease – Nos Tempos da Brilhantina

Posteriormente em Musas retroativas: 5ª em 1980, por Xanadu.

Valerie Perrine em "Superman - O Filme"

Valerie Perrine em “Superman – O Filme”

5 – VALERIE PERRINE, por Superman – O Filme

Nastassja Kinski em “Tentação Proibida”

6 – NASTASSJA KINSKI, por Tentação Proibida

Posteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1979, por Tess; 1ª em 1982, por A Marca da Pantera e por O Fundo do Coração; 1ª em 1984, por Os Amantes de Maria, por Paris, Texas, por Hotel Muito Louco e por Infielmente Tua; 16ª em 1985, por Harém e por Revolução; 17ª em 1998, por Seus Amigos, Seus Vizinhos.

Margot Kidder em “Superman – O Filme”

7 – MARGOT KIDDER, por Superman – O Filme

Anteriormente em Musas retroativas: 11ª em 1973, por Irmãs Diabólicas. Posteriormente em Musas retroativas: 8ª em 1979, por Terror em Amityville; 7ª em 1980, por Superman II.

Susan Sarandon em “Menina Bonita”

8 – SUSAN SARANDON, por Menina Bonita

Anteriormente em Musas retroativas: 13ª em 1974, por A Primeira Página; 8ª em 1975, por Rocky Horror Show. Posteriormente em Musas retroativas: 9ª em 1980, por Atlantic City; 19ª em 1983, por Fome de Viver; 18ª em 1988, por Sorte no Amor; 12ª em 1990, por Loucos de Paixão; 9ª em 1991, por Thelma & Louise.

Susannah York em "Superman - O Filme"

Susannah York em “Superman – O Filme”

9 – SUSANNAH YORK, por Superman – O Filme

Anteriormente em Musas retroativas: 9ª em 1963, por As Aventuras de Tom Jones; 7ª em 1969, por A Noite dos Desesperados.

Sandra Bréa em "Amada Amante"

Sandra Bréa em “Amada Amante”

10 – SANDRA BRÉA, por Amada Amante

Posteriormente em Musas retroativas: 9ª em 1979, por O Prisioneiro do Sexo, por República dos Assassinos, por Os Imorais, por Sede de Amar – Capuzes Negros e por Sábado Alucinante; 19ª em 1980, por Herança dos Devassos e por Convite ao Prazer.

Goldie Hawn em “Golpe Sujo”

11 – GOLDIE HAWN, por Golpe Sujo

Anteriormente em Musas retroativas: 12ª em 1969, por Flor de Cacto; 7ª em 1974, por Louca Escapada; 3ª em 1975, por Shampoo; 7ª em 1976, por O Corujão e a Gatinha.

Meryl Streep em “O Franco-Atirador”

12 – MERYL STREEP, por O Franco-Atirador

Anteriormente em Musas retroativas: 16ª em 1977, por Julia. Posteriormente em Musas retroativas: 16ª em 1979, por Manhattan e por Kramer Vs. Kramer; 10ª em 1982, por A Escolha de Sofia.

Aldine Muller em "Ninfas Diabólicas"

Aldine Muller em “Ninfas Diabólicas”

Aldine Muller em "O Estripador de Mulheres"

Aldine Muller em “O Estripador de Mulheres”

Aldine Muller em "Os Galhos do Casamento"

Aldine Muller em “Os Galhos do Casamento”

13 – ALDINE MULLER, por Ninfas Diabólicas, por O Estripador de Mulheres e por Os Galhos do Casamento

Posteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1979, por O Prisioneiro do Sexo, por Uma Cama para Sete Noivas, por Nos Tempos da Vaselina e por Os Imorais; 1ª em 1980, por A Força do Destino, por A Mulher que Inventou o Amor, por A Fêmea do Mar, por Convite ao Prazer e por Império do Desejo; 17ª em 1983, por Força Estranha; 16ª em 1984, por Elite Devassa.

Jamie Lee Curtis em “Halloween – A Noite do Terror”

14 – JAMIE LEE CURTIS, por Halloween – A Noite do Terror

Posteriormente em Musas retroativas: 10ª em 1988, por Um Peixe Chamado Wanda; 17ª em 1994, por True Lies.

Kazuko Yoshiyuki em "Império da Paixão"

Kazuko Yoshiyuki em “Império da Paixão”

15 – KAZUKO YOSHIYUKI, por Império da Paixão

Dyan Cannon em “A Vingança da Pantera Cor-de-Rosa”

16 – DYAN CANNON, por A Vingança da Pantera Cor-de-Rosa 

Anteriormente em Musas retroativas: 8ª em 1969, por Bob & Carol & Ted & Alice.

Marthe Keller em “Fedora”

17 – MARTHE KELLER, por Fedora

Kim Basinger em "Retrato de Modelo"

Kim Basinger em “Retrato de Modelo”

18 – KIM BASINGER, por Retrato de Modelo 

Posteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1986, por Semanas de Amor e por Sem Perdão; 4ª em 1989, por Batman e por Minha Noiva É uma Extraterrestre; 15ª em 1991, por Desejos e por Uma Loira em Minha Vida; 9ª em 1994, por A Fuga; 12ª, por Los Angeles, Cidade Proibida.

Karen Allen em “Clube dos Cafajestes”

19 – KAREN ALLEN, por Clube dos Cafajestes 

Posteriormente em Musas retroativas: 7ª em 1981, por Os Caçadores da Arca Perdida.

Sarah Douglas em "Superman - O Filme"

Sarah Douglas em “Superman – O Filme”

20 – SARAH DOUGLAS, por Superman – O Filme

Anteriormente em Musas retroativas18ª em 1977, por O Mundo que o Tempo Esqueceu.

Musas de 1977 <<
>> Musas de 1979

1 - Kathleen Turner ("Corpos Ardentes")

Kathleen Turner em “Corpos Ardentes”

1 – KATHLEEN TURNER, por Corpos Ardentes

Posteriormente em Musas retroativas: 5ª em 1983, por O Homem com Dois Cérebros; 2ª em 1984, por Tudo por uma Esmeralda e por Crimes de Paixão; 4ª em 1985, por A Jóia do Nilo e por A Honra do Poderoso Prizzi; 10ª em 1986, por Peggy Sue, Seu Passado a Espera; 6ª em 1989, por A Guerra dos Roses.

A campeã do ano só podia ser Kathleen Turner, releitura à altura da mulher fatal dos filmes noir – outra que chegou ao pódio no mesmo registro este ano foi Jessica Lange. Lucélia Santos foi a brasileira melhor colocada, num ano ótimo para as atrizes nacionais: sete na lista e cinco no top 10. Parece que nunca tantos filmes nacionais despiram tantas atrizes interessantes. Foi, também, o grande ano de Helena Ramos, supermusa das pornochanchadas e dos filmes erótico-cabeça nacionais, muito nua em dois dos principais filmes de sua carreira – e a três anos de aparecer em sua última produção. A lista também é marcada por Dorothy Stratten, playmate lançada por Peter Bogdanovich em Muito Riso e Muita Alegria e assassinada covardemente pelo marido antes de o filme ser lançado. Ela foi interpretada depois no cinema por Mariel Hemingway, que, com isso, entrou na lista de 1984. Primeira aparição: Kathleen Turner, Lucélia Santos, Elizabeth McGovern, Denise Dumont. Última aparição: Carole Bouquet, Karen Allen, Jane Fonda, Nancy Allen, Sylvia Kristel, Hanna Schygulla, Diane Keaton. Única aparição: Helena Ramos, Dorothy Stratten, Lucinha Lins, Rachel Ward, Lídia Brondi. Brasileiras na lista: Lucélia Santos, Helena Ramos, Sônia Braga, Vera Fischer, Lucinha Lins, Lídia Brondi, Denise Dumont.

3 - Carole Bouquet ("007 Somente para Seus Olhos")

Carole Bouquet em “007 Somente para Seus Olhos”

2 – CAROLE BOUQUET, por 007 Somente para Seus Olhos

Anteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1977, por Esse Obscuro Objeto do Desejo.

Jessica Lange em “O Destino Bate à Sua Porta”

3 – JESSICA LANGE, por O Destino Bate à Sua Porta

Anteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1976, por King Kong; 14ª em 1979, por All That Jazz – O Show Deve Continuar. Posteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1982, por Frances e Tootsie; 10ª em 1991, por Cabo do Medo.

Lucélia Santos (“Engraçadinha”

6 - Lucélia Santos (...também por "Bonitinha, mas Ordinária" e...)

Lucélia Santos em “Bonitinha, mas Ordinária”

4 – LUCÉLIA SANTOS, por Engraçadinha e por Bonitinha, mas Ordinária

Posteriormente em Musas retroativas: 13ª em 1982, por O Sonho Não Acabou, por Luz del Fuego e por Álbum de Família – Uma História Devassa; 8ª em 1986, por As Sete Vampiras e por Baixo Gávea.

6 - Helena Ramos ("Mulher Objeto" e...)

Helena Ramos em “Mulher Objeto”

6 - Helena Ramos (...também por "A Mulher Sensual")

Helena Ramos em “A Mulher Sensual”

5 – HELENA RAMOS, por Mulher Objeto e por A Mulher Sensual

7 - Sonia Braga ("Eu Te Amo")

Sônia Braga em “Eu Te Amo”

6 – SÔNIA BRAGA, por Eu Te Amo

Anteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1976, por Dona Flor e Seus Dois Maridos; 1ª em 1978, por A Dama do Lotação. Posteriormente em Musas retroativas: 8ª em 1983, por Gabriela; 15ª em 1985, por O Beijo da Mulher-Aranha; 15ª em 1988, por Luar sobre Parador e por Rebelião em Milagro.

8 - Karen Allen ("Os Caçadores da Arca Perdida")

Karen Allen em “Os Caçadores da Arca Perdida”

7 – KAREN ALLEN, por Os Caçadores da Arca Perdida

Anteriormente em Musas retroativas19ª em 1978, por Clube dos Cafajestes.

9 - Vera Fischer ("Bonitinha, mas Ordinária" e...)

Vera Fischer em “Bonitinha, mas Ordinária”

9 - Vera Fischer ("Eu Te Amo")

Vera Fischer em “Eu Te Amo”

8 – VERA FISCHER, por Bonitinha, mas Ordinária e por Eu Te Amo

Anteriormente em Musas retroativas: 15ª em 1973, por A Super Fêmea; 14ª em 1974, por As Delícias da Vida e por As Mulheres que Fazem DiferentePosteriormente em Musas retroativas: 5ª em 1982, por Amor, Estranho Amor; 10ª em 1983, por Perdoa-me por Me Traíres; 19ª em 1984, por Amor Voraz; 13ª em 1989, por Doida Demais.

11 - Dorothy Stratten ("Muito Riso e Muita Alegria")

Dorothy Stratten em “Muito Riso e Muita Alegria”

9 – DOROTHY STRATTEN, por Muito Riso e Muita Alegria

Lucinha Lins em “Os Saltimbancos Trapalhões”

10 – LUCINHA LINS, por Os Saltimbancos Trapalhões

13 - Sylvia Kristel ("Uma Professora Muito Particular" e...)

Sylvia Kristel em “Uma Professora Muito Especial”

13 - Sylvia Kristel (...também por "O Amante de Lady Chatterley")

Sylvia Kristel em “O Amante de Lady Chatterley”

11 – SYLVIA KRISTEL, por Uma Professora Muito Especial e por O Amante de Lady Chatterley

Anteriormente em Musas retroativas: 13ª em 1979, em O Quinto Mosqueteiro.

14 - Rachel Ward ("Cliente Morto Não Paga")

Rachel Ward em “Cliente Morto Não Paga”

12 – RACHEL WARD, por Cliente Morto Não Paga

15 - Jane Fonda ("Num Lago Dourado" e...)

Jane Fonda em “Num Lago Dourado”

15 - Jane Fonda (...também por "Amantes e Finanças")

Jane Fonda em “Amantes e Finanças”

13 – JANE FONDA, por Num Lago Dourado e por Amantes e Finanças

Posteriormente em Musas retroativas: 5ª em 1965, por Dívida de Sangue; 8ª em 1966, por Caçada Humana; 3ª em 1967, por Descalços no Parque; 1ª em 1968, por Barbarella; 5ª em 1969, por A Noite dos Desesperados; 4ª em 1971, por Klute – O Passado Condena; 19ª em 1972, por Tout Va Bien; 7ª em 1977, por Julia; 2ª em 1978, em Amargo Regresso; 15ª em 1979, por Síndrome da China e por O Cavaleiro Elétrico.

Nancy Allen em “Um Tiro na Noite”

14 – NANCY ALLEN, por Um Tiro na Noite

Anteriormente em Musas retroativas: 10ª em 1976, por Carrie, a Estranha; 3ª em 1978, por Febre de Juventude; 2ª em 1980, por Vestida para Matar.

17 - Helen Mirren ("Excalibur")

Helen Mirren em “Excalibur”

15 – HELEN MIRREN, por Excalibur

Anteriormente em Musas retroativas: 7ª em 1979, por Calígula. Posteriormente em Musas retroativas: 12ª em 1989, por O Cozinheiro, o Ladrão, Sua Mulher e o Amante.

Hanna Schygulla em “Lili Marlene”

16 – HANNA SCHYGULLA, por Lili Marlene

Anteriormente em Musas retroativas: 20ª em 1972, por As Lágrimas Amargas de Petra von Kant; 12ª em 1979, por O Casamento de Maria Braun.

Elizabeth McGovern em "Na Época do Ragtime"

Elizabeth McGovern em “Na Época do Ragtime”

17 – ELIZABETH MCGOVERN, por Na Época do Ragtime

Posteriormente em Musas retroativas18ª em 1984, por Adeus à Inocência e por Era uma Vez na América.

Lídia Brondi em "O Beijo no Asfalto"

Lídia Brondi em “O Beijo no Asfalto”

18 – LÍDIA BRONDI, por O Beijo no Asfalto

Posteriormente em Musas retroativas19ª em 1983, por Perdoa-me por Me Traíres.

Diane Keaton em "Reds"

Diane Keaton em “Reds”

19 – DIANE KEATON, por Reds

Anteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1972, por Sonhos de um Sedutor e por O Poderoso Chefão; 4ª em 1973, por Dorminhoco; 3ª em 1974, por O Poderoso Chefão – Parte II; 1ª em 1975, por A Última Noite de Boris Gruschenko; 1ª em 1977, por Noivo Neurótico, Noiva Nervosa e por À Procura de Mr. Goodbar; 10ª em 1979, por Manhattan.

Denise Dumont em "Eros, o Deus do Amor"

Denise Dumont em “Eros, o Deus do Amor”

20 – DENISE DUMONT, por Eros, o Deus do Amor

Posteriormente em Musas retroativas: 14ª em 1982, por Filhos e Amantes; 11ª em 1983, por Rio Babilônia.

Musas de 1980 <<
>> Musas de 1982

1 - Catherine Deneuve ("Fome de Viver")

Catherine Deneuve em “Fome de Viver”

1 – CATHERINE DENEUVE, por Fome de Viver

Anteriormente em Musas retroativas: 10ª em 1964, por Os Guarda-Chuvas do Amor; 2ª em 1965, por Repulsa ao Sexo; 2ª em 1967, por A Bela da Tarde e por Duas Garotas Românticas; 4ª em 1969, por A Sereia do Mississipi; 1ª em 1970, por Tristana – Uma Paixão Mórbida; 4ª em 1980, por O Último Metrô.

Sempre que apareceu em nossas listas, Catherine Deneuve esteve entre no top 10. Na verdade, apenas em uma das aparições não estava entre as quatro primeiras – e é das pouquíssimas bicampeãs da musas retroativas. Em Fome de Viver, foi a vampira bissexual que seduz Susan Sarandon e deixou em segundo a Carrie Fisher nos inesperados trajes menores de O Retorno de Jedi. A francesa Valeria Kaprisky fechou o pódio, na refilmagem americana de Acossado – onde o mais memorável é mesmo ela. Nenhuma brasileira chegou ao top 5 este ano, mas ninguém vai negar que foi outro grande ano nacional: oito musas, fazendo fila da 7ª à 11ª. O ano também marca a estreia de duas futuras campeãs: Michelle Pfeiffer e Diane Lane. Primeira aparição: Rebecca DeMornay, Maruschka Detmers, Michelle Pfeiffer, Diane Lane. Última aparição: Catherine Deneuve, Carrie Fisher, Mariel Hemingway, Denise Dumont, Stefania Sandrelli, Christiane Torloni. Única aparição: Valérie Kaprisky, Sylvia Bandeira, Tássia Camargo, Bianca Byngton, Jennifer Beals. Brasileiras na lista: Sylvia Bandeira, Sônia Braga, Tássia Camargo, Vera Fischer, Denise Dumont, Aldine Muller, Christiane Torloni, Bianca Byngton.

2 - Carrie Fisher ("O Retorno de Jedi")

Carrie Fisher em “O Retorno de Jedi”

2 – CARRIE FISHER, por O Retorno de Jedi

Anteriormente em Musas retroativas: 12ª em 1975, por Shampoo; 19ª em 1977, por Guerra nas Estrelas; 11ª em 1980, por O Império Contra-Ataca e por Os Irmãos Cara de Pau.

03-Valerie Kaprisky

Valérie Kaprisky em “A Força do Amor”

3 – VALÈRIE KAPRISKY, por A Força do Amor

5 - Rebecca DeMornay ("Negócio Arriscado")

Rebecca DeMornay em “Negócio Arriscado”

4 – REBECCA DEMORNAY, por Negócio Arriscado

Posteriormente em Musas retroativas19ª em 1992, por A Mão que Balança o Berço.

Kathleen Turner em "O Homem com Dois Cérebros"

Kathleen Turner em “O Homem com Dois Cérebros”

5 – KATHLEEN TURNER, por O Homem com Dois Cérebros

Anteriormente em Musas retroativas1ª em 1981, em Corpos ArdentesPosteriormente em Musas retroativas2ª em 1984, por Tudo por uma Esmeralda e por Crimes de Paixão; 4ª em 1985, por A Jóia do Nilo e por A Honra do Poderoso Prizzi; 10ª em 1986, por Peggy Sue, Seu Passado a Espera; 6ª em 1989, por A Guerra dos Roses.

Mariel Hemingway em “Star 80”

6 – MARIEL HEMINGWAY, por Star 80

Anteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1979, por Manhattan; 6ª em 1982, por Tudo pela Vitória – As Parceiras.

8 - Silvia Bandeira ("Bar Esperança")

Sylvia Bandeira em “Bar Esperança”

7 – SYLVIA BANDEIRA, por Bar Esperança

08-Sonia Braga

Sônia Braga em “Gabriela”

8 – SÔNIA BRAGA, por Gabriela

Anteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1976, por Dona Flor e Seus Dois Maridos; 1ª em 1978, por A Dama do Lotação; 6ª em 1981, por Eu Te Amo. Posteriormente em Musas retroativas: 15ª em 1985, por O Beijo da Mulher-Aranha; 15ª em 1988, por Luar sobre Parador e por Rebelião em Milagro.

10-Tassia Camargo-i

Tássia Camargo em “Corpo e Alma de Mulher”

9 – TÁSSIA CAMARGO, por Corpo e Alma de Mulher

Vera Fischer em "Perdoa-me por Me Traíres"

Vera Fischer em “Perdoa-me por Me Traíres”

10 – VERA FISCHER, por Perdoa-me por Me Traíres

Anteriormente em Musas retroativas15ª em 1973, por A Super Fêmea; 14ª em 1974, por As Delícias da Vida e As Mulheres que Fazem Diferente; 8ª em 1981, por Eu Te Amo e Bonitinha, mas Ordinária; 5ª em 1982, por Amor, Estranho AmorPosteriormente em Musas retroativas: 19ª em 1984, por Amor Voraz; 13ª em 1989, por Doida Demais.

Denise Dumont em "Rio Babilônia"

Denise Dumont em “Rio Babilônia”

11 – DENISE DUMONT, por Rio Babilônia

Anteriormente em Musas retroativas: 20ª em 1981, por Eros, o Deus do Amor; 14ª em 1982, por Filhos e Amantes.

Maruschka Detmers em "Carmen de Godard"

Maruschka Detmers em “Carmen de Godard”

12 – MARUSCHKA DETMERS, por Carmen de Godard

Posteriormente em Musas retroativas: 13ª em 1984, por A Pirata16ª em 1986, por O Diabo no Corpo.

11 - Debra Winger ("Laços de Ternura")

Debra Winger em “Laços de Ternura”

13 – DEBRA WINGER, por Laços de Ternura

Anteriormente em Musas retroativas: 18ª em 1980, por Cowboy do Asfalto; 8ª em 1982, por A Força do DestinoPosteriormente em Musas retroativas9ª em 1986, por Perigosamente Juntos; 17ª em 1987, por O Mistério da Viúva Negra; 20ª em 1995, por Esqueça Paris.

09-Michelle Pfeiffer-b

Michelle Pfeiffer em “Scarface”

14 – MICHELLE PFEIFFER, por Scarface

Posteriormente em Musas retroativas: 9ª em 1984, por Um Romance Muito Perigoso; 2ª em 1985, por O Feitiço de Áquila; 14ª em 1987, por As Bruxas de Eastwick; 2ª em 1988, por De Caso com a Máfia, por Ligações Perigosas e por Conspiração Tequila; 1ª em 1989, por Susie e os Baker Boys; 6ª em 1991, por Frankie & Johnny; 2ª em 1992, por Batman – O Retorno e por As Barreiras do Amor; 2ª em 1993, por A Época da Inocência; 12ª em 1994, por Lobo; 10ª em 1996, por Um Dia Especial; 16ª em 1999, por A História de Nós Dois; 20ª em 2000, por Revelação.

15 - Diane Lane ("Vidas sem Rumo" e...)

Diane Lane em “Vidas sem Rumo”

15 - Diane Lane (...também por "O Selvagem da Motocicleta")

Diane Lane em “O Selvagem da Motocicleta”

15 – DIANE LANE, por Vidas sem Rumo e por O Selvagem da Motocicleta

Posteriormente em Musas retroativas: 5ª em 1984, por Ruas de Fogo e por Cotton Club; 8ª em 1991, por Face a Face com o Inimigo;  1ª em 2002, por Infidelidade.

16 - Stefania Sandrelli ("A Chave")

Stefania Sandrelli em “A Chave”

16 – STEFANIA SANDRELLI, por A Chave

Anteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1961, por Divórcio à Italiana; 9ª em 1970, por O Conformista; 4ª em 1974, por Nós que Nos Amávamos Tanto.

Aldine Muller em "Força Estranha"

Aldine Muller em “Força Estranha”

17 – ALDINE MULLER, por Força Estranha

Anteriormente em Musas retroativas: 12ª em 1978, por Ninfas Diabólicas, por O Estripador de Mulheres e por Os Galhos do Casamento; 6ª em 1979, por O Prisioneiro do Sexo, por Uma Cama para Sete Noivas, por Nos Tempos da Vaselina e por Os Imorais; 1ª em 1980, por A Força do Destino, por A Mulher que Inventou o Amor, por A Fêmea do Mar, por Convite ao Prazer e por Império do DesejoPosteriormente em Musas retroativas: 16ª em 1984, por Elite Devassa.

Christiane Torloni em "Rio Babilônia"

Christiane Torloni em “Rio Babilônia”

18 – CHRISTIANE TORLONI, por Rio Babilônia

Anteriormente em Musas retroativas: 18ª em 1979, por O Bom Burguês; 13ª em 1980, por AriellaPosteriormente em Musas retroativas: 12ª em 1984, por Águia na Cabeça.

Bianca Byngton em "Garota Dourada"

Bianca Byington em “Garota Dourada”

19 – BIANCA BYINGTON, por Garota Dourada

11-Jennifer Beals-b

Jennifer Beals em “Flashdance – Em Ritmo de Embalo”

20 – JENNIFER BEALS, por Flashdance – Em Ritmo de Embalo

Musas de 1982 <<
>> Musas de 1984

Carla Camurati em "Estrela Nua"

Carla Camurati em “Estrela Nua”

Carla Camurati em "Os Bons Tempos Voltaram - Vamos Gozar Outra Vez"

Carla Camurati em “Os Bons Tempos Voltaram – Vamos Gozar Outra Vez”

1 – CARLA CAMURATI, por Estrela Nua e por Os Bons Tempos Voltaram – Vamos Gozar Outra Vez

Anteriormente em Musas retroativas: 2ª em 1982, por O Olho Mágico do Amor;  6ª em 1984, por Onda NovaPosteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1986, por Cidade Oculta; 18ª em 1996, por O Corpo.

De dia era um falcão, de noite era “só” Michelle Pfeiffer. O romance amaldiçoado de O Feitiço de Áquila rendeu o segundo primeiro lugar da atriz californiana (o primeiro de quatro). Ela só não ganhou porque este foi o ano em que Carla Camurati foi amaldiçoada por Cristina Aché em Estrela Nua – com direita “àquela” cena em que ela fuma um cigarro muito especial (a 1h10 de filme). Uma das cenas mais eróticas de todo o cinema nacional, que é pródigo em erotismo. No terceiro posto, a francesa Mathilda May, que desfila totalmente nua em quase metade de Força Sinistra como uma vampira do espaço. Sete musas estreiam aqui, entre elas três que marcaram os filmes adolescentes dos anos 1980: Kelly Preston, Lea Thompson e Molly Ringwald. Primeira aparição: Kelly Preston, Lea Thompson, Madonna, Molly Ringwald, Kelly McGillis, Sharon Stone, Rosanna Arquette. Última aparição: Helen Slater, Kelly LeBrock, Lúcia Veríssimo. Única aparição: Mathilda May, Tahnee Welch, Mio Takaki. Brasileiras na lista: Carla Camurati, Sonia Braga, Lúcia Veríssimo, Cristina Aché.

Michelle Pfeiffer em "O Feitiço de Áquila"

Michelle Pfeiffer em “O Feitiço de Áquila”

2 – MICHELLE PFEIFFER, por O Feitiço de Áquila

Anteriormente em Musas retroativas: 14ª em 1983, por Scarface; 9ª em 1984, por Um Romance Muito Perigoso. Posteriormente em Musas retroativas: 14ª em 1987, por As Bruxas de Eastwick; 2ª em 1988, por De Caso com a Máfia, por Ligações Perigosas e por Conspiração Tequila; 1ª em 1989, por Susie e os Baker Boys; 6ª em 1991, por Frankie & Johnny; 2ª em 1992, por Batman – O Retorno e por As Barreiras do Amor; 2ª em 1993, por A Época da Inocência; 12ª em 1994, por Lobo; 10ª em 1996, por Um Dia Especial; 16ª em 1999, por A História de Nós Dois; 20ª em 2000, por Revelação.

2 - Mathilda May ("Força Sinistra")

Mathilda May em “Força Sinistra”

3 – MATHILDA MAY, por Força Sinistra

3 - Kathleen Turner ("A Jóia do Nilo" e, também, "A Honra do Poderoso Prizzi")

Kathleen Turner em “A Jóia do Nilo”

Kathleen Turner em “A Honra do Poderoso Prizzi”

4 – KATHLEEN TURNER, por A Jóia do Nilo e por A Honra do Poderoso Prizzi

Anteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1981, em Corpos Ardentes; 5ª em 1983, por O Homem com Dois Cérebros; 2ª em 1984, por Tudo por uma Esmeralda e por Crimes de Paixão. Posteriormente em Musas retroativas: 10ª em 1986, por Peggy Sue, Seu Passado a Espera; 6ª em 1989, por A Guerra dos Roses.

Jennifer Jason Leigh em “Conquista Sangrenta”

5 – JENNIFER JASON LEIGH, por Conquista Sangrenta

Anteriormente na lista: 11ª, em 1982, por Picardias Estudantis. Posteriormente na lista: 8ª em 1989, por Noites Violentas no Brooklyn; 8ª em 1992, por Mulher Solteira Procura.

Kelly Preston em "Admiradora Secreta"

Kelly Preston em “Admiradora Secreta”

Kelly Preston em “A Última Transa de Jonathan”

6 – KELLY PRESTON, por Admiradora Secreta e por A Última Transa de Jonathan

Posteriormente em Musas retroativas: 12ª em 1988, por Irmãos Gêmeos; 20ª em 1996, por Jerry Maguire – A Grande Virada.

6 - Lea Thompson ("De Volta para o Futuro")

Lea Thompson em “De Volta para o Futuro”

7 – LEA THOMPSON, por De Volta para o Futuro

Posteriormente em Musas retroativas: 18ª em 1987, por Alguém Muito Especial; 19ª em 1988, por Sexo Casual?.

7 - Madonna ("Procura-se Susan Desesperadamente")

Madonna em “Procura-se Susan Desesperadamente”

8 – MADONNA, por Procura-se Susan Desesperadamente

Posteriormente em Musas retroativas: 17ª em 1990, por Na Cama com Madonna e por Dick Tracy; 5ª em 1992, por Corpo em Evidência, por Uma Equipe Muito Especial e por Neblina e Sombras.

Kelly McGillis em "A Testemunha"

Kelly McGillis em “A Testemunha”

9 – KELLY MCGILLIS, por A Testemunha

Posteriormente em Musas retroativas: 14ª em 1986, por Top Gun – Áses Indomáveis.

8 - Molly Ringwald ("Clube dos Cinco")

Molly Ringwald em “Clube dos Cinco”

10 – MOLLY RINGWALD, por Clube dos Cinco

Posteriormente em Musas retroativas: 18ª em 1986, por A Garota de Rosa-Shocking.

9 - Helen Slater ("A Lenda de Billie Jean")

Helen Slater em “A Lenda de Billie Jean”

11 – HELEN SLATER, por A Lenda de Billie Jean

Anteriormente em Musas retroativas: 11ª em 1984, por Supergirl.

Sharon Stone em “As Minas do Rei Salomão”

12 – SHARON STONE, por As Minas do Rei Salomão

Posteriormente em Musas retroativas: 9ª em 1990, por O Vingador do Futuro; 1ª em 1992, por Instinto Selvagem; 5ª em 1993, por Invasão de Privacidade; 7ª em 1995, por Cassino e por Rápida e Mortal; 16ª em 1996, por Diabolique; 12ª em 1999, por A Musa.

Kelly LeBrock em "Mulher Nota 1000"

Kelly LeBrock em “Mulher Nota 1000”

13 – KELLY LEBROCK, por Mulher Nota 1000

Anteriormente em Musas retroativas: 8ª em 1984, por A Dama de Vermelho.

10 - Tahnee Welch ("Cocoon")

Tahnee Welch em “Cocoon”

14 – TAHNEE WELCH, por Cocoon

Sônia Braga em “O Beijo da Mulher-Aranha”

15 – SÔNIA BRAGA, por O Beijo da Mulher-Aranha

Anteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1976, por Dona Flor e Seus Dois Maridos; 1ª em 1978, por A Dama do Lotação; 6ª em 1981, por Eu Te Amo; 8ª em 1983, por Gabriela. Posteriormente em Musas retroativas: 15ª em 1988, por Luar sobre Parador e por Rebelião em Milagro.

Nastassja Kinski em "Harém"

Nastassja Kinski em “Harém”

17 - Nastassja Kinski ("Revolução")

17 – Nastassja Kinski (“Revolução”)

16 – NASTASSJA KINSKI, por Harém e por Revolução

Anteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1978, por Tentação Proibida; 1ª em 1979, por Tess; 1ª em 1982, por A Marca da Pantera e por O Fundo do Coração; 1ª em 1984, por Os Amantes de Maria, por Paris, Texas, por Hotel Muito Louco e por Infielmente Tua. Posteriormente em Musas retroativas: 17ª em 1998, por Seus Amigos, Seus Vizinhos.

14 - Rosanna Arquette ("Depois de Horas" e, também, "Procura-se Susan Desesperadamente")

Rosanna Arquette em “Depois de Horas”

Rosanna Arquette e Madonna em “Procura-se Susan Desesperadamente”

Rosanna Arquette em “Silverado”

17 – ROSANNA ARQUETTE, por Depois de Horas, por Procura-se Susan Desesperadamente e por Silverado

Posteriormente em Musas retroativas: 16ª em 1989, por Contos de Nova York.

Lúcia Veríssimo em "Jeitosa - Um Assunto Muito Particular"

Lúcia Veríssimo em “Jeitosa – Um Assunto Muito Particular”

18 – LÚCIA VERÍSSIMO, por Jeitosa – Um Assunto Muito Particular

Anteriormente em Musas retroativas16ª em 1982, por Filhos e Amantes.

Cristina Aché em "Estrela Nua"

Cristina Aché em “Estrela Nua”

Cristina Aché em "Areias Escaldantes"

Cristina Aché em “Areias Escaldantes”

19 – CRISTINA ACHÉ, por Estrela Nua e por Areias Escaldantes

Anteriormente em Musas retroativas14ª em 1984, por Noites do Sertão.

Mio Takaki em “Berlin Affair”

20 – MIO TAKAKI, por Berlin Affair

Musas de 1984 <<
>> Musas de 1986

1 - Juliette Binoche ("A Insustentável Leveza do Ser")

Juliette Binoche em “A Insustentável Leveza do Ser”

1 – JULIETTE BINOCHE, por A Insustentável Leveza do Ser

Posteriormente na lista: 17ª em 1991, por Os Amantes da Pont-Neuf; 9ª em 1992, por Perdas e Danos e O Morro dos Ventos Uivantes; 10ª em 1993, por A Liberdade É Azul; 14ª em 1996, por O Paciente Inglês; 8ª em 2002, por Fuso Horário do Amor.

Uma tripla Michelle Pfeiffer ficou com o segundo lugar (em um dos papéis, com um visual diferente, morena) no ano em que Juliette Binoche desabrochou para o mundo em A Insustentável Leveza do Ser. Ela divide uma cena muito, muito sexy com a sueca Lena Olin, que ficou em sétimo nesta lista. O ano também viu o surgimento de Uma Thurman, já no pódio: além de Ligações Perigosas, ela foi simplesmente a Vênus de As Aventuras do Barão Munchausen, com uma entrada no mínimo espetacular. Isabelle Adjani e Emmanuelle Seigner reforçaram a França no topo da lista. Primeira aparição: Juliette Binoche, Uma Thurman, Emmanuelle Seigner, Joely Richardson, Jodie Foster. Última aparição: Maitê Proença, Melanie Griffith, Sonia Braga, Barbara Hershey, Lea Thompson. Única aparição: Isabelle Pasco, Lena Olin, Elizabeth Perkins, Valeria Golino. Brasileiras na lista: Maitê Proença, Sonia Braga.

2 - Michelle Pfeiffer ("De Caso com a Máfia" e...)

Michelle Pfeiffer em “De Caso com a Máfia”

2 - Michelle Pfeiffer (... também por "LIgações Perigosas"...)

Michelle Pfeiffer em “Ligações Perigosas”

2 - Michelle Pfeiffer (...e por "Conspiração Tequila")

Michelle Pfeiffer em “Conspiração Tequila”

2 – MICHELLE PFEIFFER, por De Caso com a Máfia, por Ligações Perigosas e por Conspiração Tequila

Anteriormente em Musas retroativas: 14ª em 1983, por Scarface; 9ª em 1984, por Um Romance Muito Perigoso; 2ª em 1985, por O Feitiço de Áquila; 14ª em 1987, por As Bruxas de Eastwick. Posteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1989, por Susie e os Baker Boys; 6ª em 1991, por Frankie & Johnny; 2ª em 1992, por Batman – O Retorno e por As Barreiras do Amor; 2ª em 1993, por A Época da Inocência; 12ª em 1994, por Lobo; 10ª em 1996, por Um Dia Especial; 16ª em 1999, por A História de Nós Dois; 20ª em 2000, por Revelação.

2 - Uma Thurman ("As Aventuras do Barão Munchausen")

Uma Thurman em “As Aventuras do Barão Munchausen”

Uma Thurman em “Ligações Perigosas”

3 – UMA THURMAN, por As Aventuras do Barão Munchausen e por Ligações Perigosas

Posteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1990, por Henry & June; 13ª em 1994, por Pulp Fiction – Tempo de Violência; 12ª em 1996, por Feito Cães e Gatos; 6ª em 1998, por Os Vingadores; 6ª em 2003, por Kill Bill – Vol. 1; 9ª em 2004, por Kill Bill – Vol. 2; 8ª em 2005, por Os Produtores e por Be Cool – O Outro Nome do Jogo.

Isabelle Adjani em “Camille Claudel”

4 – ISABELLE ADJANI, por Camille Claudel

Anteriormente em Musas retroativas: 4ª em 1976, por O Inquilino; 4ª em 1979, por Nosferatu, o Vampiro da Noite. Posteriormente em Musas retroativas: 1ª em 1994, por A Rainha Margot; 11ª em 1996, por Diabolique.

Isabelle Pasco em “Roselyne e os Leões”

5 – ISABELLE PASCO, por Roselyne e os Leões

Maitê Proença em “A Dama do Cine Shanghai”

6 – MAITÊ PROENÇA, por A Dama do Cine Shanghai

Anteriormente em Musas retroativas: 18ª em 1982, por Prova de Fogo.

7 - Lena Olin ("A Insustentável Leveza do Ser")

Lena Olin em “A Insustentável Leveza do Ser”

7 – LENA OLIN, por A Insustentável Leveza do Ser

8 - Emmanuelle Seigner ("Busca Frenética")

Emmanuelle Seigner em “Busca Frenética”

8 – EMMANUELLE SEIGNER, por Busca Frenética

Posteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1992, por Lua de Fel.

Elizabeth Perkins em “Quero Ser Grande”

9 – ELIZABETH PERKINS, por Quero Ser Grande

5 - Jamie Lee Curtis ("Um Peixe Chamado Wanda")

Jamie Lee Curtis em “Um Peixe Chamado Wanda”

10 – JAMIE LEE CURTIS, por Um Peixe Chamado Wanda

Anteriormente em Musas retroativas14ª em 1978, por Halloween – A Noite do Terror. Posteriormente em Musas retroativas: 17ª em 1994, por True Lies.

7 - Melanie Griffith ("Uma Secretária de Futuro")

Melanie Griffith em “Uma Secretária de Futuro”

11 – MELANIE GRIFFITH, por Uma Secretária de Futuro

Anteriormente em Musas retroativas: 13ª em 1986, por Totalmente Selvagem.

Kelly Preston em “Irmãos Gêmeos”

12 – KELLY PRESTON, por Irmãos Gêmeos

Anteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1985, por Admiradora Secreta e por A Primeira Transa de Jonathan. Posteriormente em Musas retroativas: 20ª em 1996, por Jerry Maguire – A Grande Virada.

9 - Elisabeth Shue ("Cocktail")

Elisabeth Shue em “Cocktail”

13 – ELISABETH SHUE, por Cocktail

Anteriormente em Musas retroativas: 6ª em 1987, por Uma Noite de AventurasPosteriormente em Musas retroativas: 19ª em 1989, por De Volta para o Futuro – Parte II; 2ª em 1995, por Despedida em Las Vegas; 3ª em 2000, por O Homem sem Sombra.

11 - Valeria Golino ("Rain Man")

Valeria Golino em “Rain Man”

14 – VALERIA GOLINO, por Rain Man

12 - Sonia Braga ("Luar sobre Parador" e, também, "Rebelião em Milagro")

Sônia Braga em “Luar sobre Parador”

Sônia Braga em “Rebelião em MIlagro”

15 – SÔNIA BRAGA, por Luar sobre Parador e por Rebelião em Milagro

Anteriormente em Musas retroativas: 3ª em 1976, por Dona Flor e Seus Dois Maridos; 1ª em 1978, por A Dama do Lotação; 6ª em 1981, por Eu Te Amo; 8ª em 1983, por Gabriela; 15ª em 1985, por O Beijo da Mulher-Aranha.

Barbara Hershey em “A Última Tentação de Cristo”

Barbara Hershey em “Amigas para Sempre”

16 – BARBARA HERSHEY, por A Última Tentação de Cristo e por Amigas para Sempre

Anteriormente em Musas retroativas: 18ª em 1969, por Last Summer; 12ª em 1986, por Hannah e Suas Irmãs.

Joely Richardson em “Afogando em Números”

17 – JOELY RICHARDSON, por Afogando em Números

Posteriormente em Musas retroativas: 15ª em 1994, por Lady Chatterley e por Entre Elas.

15 - Susan Sarandon ("Sorte no Amor")

Susan Sarandon em “Sorte no Amor”

18 – SUSAN SARANDON, por Sorte no Amor

Anteriormente em Musas retroativas: 13ª em 1974, por A Primeira Página; 8ª em 1975, por Rocky Horror Show; 8ª em 1978, por Menina Bonita; 9ª em 1980, por Atlantic City; 19ª em 1983, por Fome de Viver. Posteriormente em Musas retroativas: 12ª em 1990, por Loucos de Paixão; 9ª em 1991, por Thelma & Louise.

Lea Thompson em “Sexo Casual?”

19 – LEA THOMPSON, por Sexo Casual?

Anteriormente em Musas retroativas: 7ª em 1985, por De Volta para o Futuro; 18ª em 1987, por Alguém Muito Especial.

Jodie Foster em “Acusados”

20 - Jodie Foster (...também por "Memórias Secretas")

Jodie Foster em “Memórias Secretas”

20 – JODIE FOSTER, por Acusados e por Memórias Secretas

Posteriormente em Musas retroativas: 5ª em 1994, por Maverick e por Nell; 18ª em 1999, por Anna e o Rei.

Menção honrosa: Jessica Rabbit ("Uma Cildada para Roger Rabbit")

Jessica Rabbit em “Uma Cilada para Roger Rabbit”

Menção honrosa – JESSICA RABBIT, por Uma Cilada para Roger Rabbit

Musas de 1987 <<
>> Musas de 1989

Sigam-me os bons (no Twitter)

julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Cenas da Vida

Páginas

Estatísticas

  • 1,253,804 hits